O DISFARCE DA URNA ELETRÔNICA

A ideia da esquerda é juntar com o que eles chamam de “centro” e fazer um bem bolado para concorrer com Jair Bolsonaro, líder absoluto nas pesquisas, inclusive nas manipuladas. A esquerda tenta vender a ideia de que Bolsonaro não ultrapassa 25% das pesquisas, mas somando-se a esquerdalha quase toda, daria algo em torno de 45%, a diferença seria de outros candidatos, indecisos, brancos e nulos.

A tática da esquerda é sempre a mesma, vender cargos para conquistar alianças e usar de todos os mecanismos para enganar a população e se manter à “frente”. Utilizarão de pesquisas fake news para projetar nomes, da mídia já vendida e amarrada há anos e das mesmas urnas eletrônicas de sempre, comandadas pela Diebold/Smartmatic. A ideia é sempre vender um segundo turno e depois legalizar a fraude das urnas com um belo empate, como foi com Dilma no Brasil, e em vários outros eleitos em países ligados ao Foro de São Paulo.

unas malignas

Anúncios

Um comentário sobre “O DISFARCE DA URNA ELETRÔNICA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s